Retenção de colaboradores

Conheça aqui os principais programas para retenção de colaboradores

Atualmente, a retenção de colaboradores é um dos maiores desafios para a gestão de pessoas. Muitas empresas possuem elevada taxa de evasão de funcionários, perdendo os seus melhores talentos diariamente para suas concorrentes no mercado.

A questão é saber por que isso acontece. São muitos as razões, desde a desmotivação dos talentos até a falta de perspectiva de crescimento dentro da empresa. Por isso, para criar um bom programa de retenção, é importante investir em múltiplas soluções.

Pensando nisso, criamos um guia especialmente para você. Hoje, vamos discorrer sobre os principais programas de retenção de colaboradores que podem ser aplicados em sua companhia. Continue lendo e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

Plano de carreira

O plano de carreira é um dos mais importantes. Ele permite que o funcionário cresça dentro da empresa, de acordo com o seu tempo de casa e os resultados que foram entregues. Muitos gestores acreditam que esse plano só se aplica a grandes corporações, o que é um erro.

Para estabelecer um plano adequado, é preciso alinhar os objetivos de crescimento dos funcionários e da empresa em geral. Todos devem ser beneficiados!

Então, defina os cargos que serão ocupados, quanto tempo de casa será necessário para ocupá-los, quais resultados-chave devem ser alcançados, quais cursos o funcionário deverá ter feito etc.

Como nem sempre é possível promover o talento para um cargo completamente diferente, é possível dividir um mesmo cargo em três principais níveis: júnior, pleno e master — a remuneração deve acompanhar esse crescimento.

Valorização dos melhores funcionários

Os colaboradores precisam se sentir realmente importantes para a empresa, como peças-chave da grande máquina organizacional. E como fazer isso? Para tanto, é necessário escolher os benefícios e as recompensas certas.

Quando se fala no assunto, a primeira coisa que vem à cabeça é: dinheiro. Mas essa não é a única forma de valorizar os funcionários. Hoje, é possível falar de diversos benefícios e recompensas inovadoras, tais como cartões de presente, oportunidade de crescimento, dia de folga remunerada, almoço com o CEO, e assim por diante.

Plano de metas

Esse plano é composto por diversas metas que buscam atingir um objetivo maior. A quantidade de metas e o tempo para alcançá-las pode variar muito em cada empresa, por isso não há um prazo médio definido. Ao criar um bom plano de metas, é possível reter talentos.

Genericamente, as metas funcionam como uma bússola, direcionando cada funcionário para os resultados desejados. Quando criadas com qualidade e veracidade, mantêm os colaboradores empenhados na busca dos resultados, entendendo que aquilo é possível alcançar.

Um grande erro é definir metas extremamente difíceis ou, em alguns casos, impossíveis. Isso desmotiva os funcionários e deixa o clima de trabalho mais pesado.

Critérios claros de avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho serve para analisar se os funcionários vêm entregando os resultados desejados pela empresa. O problema é que, na maioria das vezes, eles não entendem com clareza os critérios da avaliação e não sabem como se comportar.

Por isso, é importante deixar sempre claro o que está sendo avaliado. Desse modo, é possível que o funcionário melhore, de acordo com as características desejadas pela empresa.

Estes são os principais programas. Ao aplicá-los, será possível construir melhor clima organizacional e, por consequência, retenção de colaboradores. Tudo isso será traduzido em resultados mais positivos para a empresa, inclusive financeiros.

Gostou do nosso conteúdo? Está pronto para aplicar o seu programa de retenção? Aproveite para estar sempre por dentro assinando a nossa newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This