Processo de recrutamento eficiente

5 passos para criar um processo de recrutamento eficiente

Uma contratação bem feita e a correta adequação do novo funcionário à cultura da empresa são fatores de sucesso do crescimento e longevidade da organização, sendo necessário o desenvolvimento eficiente de um processo de recrutamento. Através de um planejamento efetivo, adaptação e busca pela melhoria contínua do processo, os gestores conseguem formar equipes motivadas e de alta performance.

Hoje, você vai descobrir 5 maneiras de criar um processo de recrutamento eficiente e melhorar seus resultados como gerente de RH. Confira!

1 – Defina o perfil ideal

Ao contrário do que muitos gestores pensam, o perfil ideal de um funcionário não está limitado somente aos requisitos impostos na divulgação de uma vaga de trabalho. A forma de pensar, os valores, a postura, o tom de voz, os objetivos na vida e a maneira como o candidato se comporta durante o processo também devem ser observados e analisados. Uma vez que o profissional de RH não conhece afundo o trabalho que será realizado, o aconselhável é realizar uma espécie de entrevista com o próprio gestor que abriu a vaga para entender melhor o que se espera do candidato para poder realizar uma triagem bem feita.

A definição bem feita aumentará as chances de sucesso na contratação, reduz o tempo do recrutamento e melhora os resultados internos.

2 – Busque pelos melhores profissionais disponíveis

Essa dica pode parecer óbvia, mas você sabe realmente onde encontrar os melhores profissionais? Escolher os melhores meios de divulgação da vaga e captação de currículos tem grande peso na busca por bons candidatos.

Seguindo a limitação dos recursos financeiros disponíveis para a divulgação, opte por aquele em que o seu público alvo tenha acesso. Ex.: a escolha da internet para divulgar a vaga de servente de obras pode não ser a ideal assim como panfletos em ponto de ônibus para atrair um gerente nacional de vendas em uma empresa de grande porte pode não ser o mais adequado. Dentre as opções mais comuns de captação de currículo estão:

  • Banco de currículos da empresa;
  • Sites de emprego;
  •  Indicação de outros empregados;
  • Anúncios em jornais ou classificados.

3 – Utilize de testes e dinâmicas

Os testes psicotécnicos, de aptidão e de conhecimentos, como inglês, português, conhecimentos gerais e raciocínio lógico, auxiliam o recrutador a descobrir quais são as habilidades e características do candidato e que não podem ser descobertas somente por meio do currículo. As dinâmicas também colaboram para o desenvolvimento do processo de recrutamento e levantamento da postura e desenvoltura dos candidatos diante de situações impostas pelos recrutadores.

Contudo, não saia realizando todos os testes que você conhece e um número muito alto de dinâmicas, pois pode tornar o processo muito longo e cansativo, reduzindo o desempenho dos candidatos.

4 – Realize uma entrevista completa

Nesse passo, o recrutador deve realizar perguntas referentes ao currículo do candidato, vida pessoal, hábitos, projetos de vida, o que o candidato espera da empresa, o por quê de ter saído dos empregos anteriores, metas alcançadas, etc. Aproveite essa etapa para escutar mais do que falar, e evite perguntas em que as respostas se limitem a um “sim” ou “não”. Permita ao candidato desenvolver seu raciocínio e observe os gestos realizados pelo mesmo, facilitando ao recrutador identificar mentiras ou dúvidas.

5 – Confirme as informações

Normalmente, a experiência que o recrutador tem durante a entrevista, não é suficiente para realizar o levantamento de todas as características necessárias e ter certeza se o candidato possui as qualificações necessárias para assumir o cargo em questão. Dessa maneira, é necessária a busca e confirmações das informações dadas pelo candidato. Caso a dúvida exista, o recrutador pode pedir que apresente os certificados dos cursos que a pessoa diz ter realizado, ligar para o antigo empregador e descobrir se o profissional atendia às expectativas da organização e descobrir o motivo do desligamento.

Vale ressaltar que a importância de processo de recrutamento bem feito não se delimita somente ao turnover. Quando bem realizado, a seleção agrega a empresa pessoas mais motivadas capazes de se relacionarem melhor em equipe, aumenta a retenção de talentos, diminuem os gastos referentes a admissão e desligamento e fortalece a cultura da organização, proporcionando à empresa a possibilidade de realizar investimentos no crescimento interno.

Agora que você já leu sobre como fazer um processo de recrutamento eficiente, que tal saber como motivar os funcionários com metas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This